PARÓQUIA DE MACAU: ABERTURA DA FESTA DE SÃO FRANCISCO 2021

     Nesta sexta-feira (24), a comunidade do Valadão iniciou as festividades em honra ao padroeiro São Francisco de Assis com a carreata que saiu da entrada da cidade até a capela, após a carreata houve o hasteamento das bandeiras abrindo assim as festividades oficiais deste ano em seguida a Santa Missa, presidida pelo Pe. Wilson Alves (Pároco de Pendências-RN) e transmitida pelo canal do YouTube (Paroquia de Macau). 

Neste ano festa ja acontece de maneira presencial com a presença dos fiéis e devotos, diferentemente do ano passado quando aconteceu de maneira virtual por consequências da pandemia. 

A Festa vai de 24/09 à 04/10 de 2021.




















Show com a cantora Cristina De Holanda na Praia de Camapum em Macau

 


No próximo dia 02 de Outubro, na Praia de Camapum em Macau se apresenta a cantora Cristina De Holanda, vendas de senhas e mesa no Sun 7 na praia de camapum e com Joselito Braz.

Macau realiza perto de 3 mil testes para diagnósticos da Covid-19

 

    Em menos de nove meses de gestão, a Secretaria de Saúde de Macau ampliou em mais de 150% a testagem para a Covid-19, se comparar os números aos resultados da testagem realizada no ano de 2020. Ao todo, foram realizados 2.770 testes somente este ano.

    A implantação do Centro de Atendimento e Enfrentamento à COVID-19 foi determinante para o controle da pandemia no município, somada a estratégia de vacinação que já conseguiu imunizar mais de 50% da população adulta.

    Atualmente, o município está vacinando o público na faixa etária dos 12 anos ou mais e convocando as pessoas que estão em atraso com a imunização para receber a segunda dose do imunizante. A vacinação acontece no Centro Covid, de segunda a sexta-feira, nos dois turnos.




Prefeito de Macau recebe Sindicato e fortalece o diálogo com servidores da saúde

 

    Na manhã desta quinta-feira, 23, o Prefeito de Macau, José Antônio de Menezes esteve reunido com o Sindicato de Agentes de Saúde e Agentes de Combate as Endemias para tratar de pontos importantes para melhorias da saúde do município.

    No encontro, além do prefeito, a presença da Secretária de Saúde, Terezinha Menezes. Na pauta, assuntos relacionados ao aperfeiçoamento do cuidado e a intensificação do trabalho de promoção da saúde e prevenção de doenças.

    Dentre os temas debatidos estiveram: a instituição de incentivo por desempenho, aquisição de novos tabletes e fardamentos, além de melhorias no trabalho desenvolvido pelos agentes e nos indicadores de saúde do município.

    O prefeito José Antônio de Menezes destacou que quando assumiu a Prefeitura, encontrou um passivo grandioso, não somente financeiro, lembrando o desmonte de todas as políticas públicas, principalmente, na saúde. O gestor disse ainda que os profissionais de saúde tiveram prioridade no pagamento dos diversos meses de salários atrasados deixados pela gestão antecessora.


Piso Salarial garantido

    A Secretária de Saúde destacou, que diferente de outros anos, o pagamento com o valor atualizado do Piso Salarial dos Agentes de Saúde e de combate às endemias foi realizado, sendo um dos primeiros municípios do estado a cumprir com essa categoria de servidores.

    A gestão municipal e os profissionais de saúde agendaram uma nova reunião para tratar de pautas específicas, como a instituição de incentivo financeiro por resultados alcançados.





Paroquia de Macau: Festa de São Francisco 2021, Padroeiro da comunidade do Valadão tem inicio nesta sexta feira (24).

 


"SÃO FRANCISCO, ARAUTO DA PAZ E DA CRIAÇÃO"

    Nesta sexta feira (24), a comunidade do valadão com alegria inicia mais uma Festa em honra ao seu Padroeiro São Francisco de Assis, as 18h30 tem a carreata de abertura que sairá da entrada da cidade até a capela no Valadão, a comunidade convida os proprietários de veículos e motociclistas para acompanhar o trajeto ate a capela onde acontecerá o hasteamento das bandeiras e em seguida a Celebração Eucarística que será presidida pelo Padre Wilson (Pároco de Pendencias). 

Área com seca grave sobe de 38% para 52% do RN; estado tem pior situação do Nordeste

 

    Entre julho e agosto, o Rio Grande do Norte teve um agravamento da estiagem com o aumento da área com seca grave, que subiu de 38% para 52% do estado.

    Essa é a pior condição dentre os estados nordestinos, de acordo com o Monitor da Seca de agosto, divulgado pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico.

    De acordo com o levantamento, o RN teve avanço da seca grave nas suas regiões Nordeste e Oeste, devido a anomalias negativas de chuvas.

 "Os impactos são de curto e longo prazo em todo o estado", diz o relatório.

    De acordo com a ANA, a área de seca grave é a maior registrada no território potiguar desde setembro de 2018. Além disso, a condição geral verificada em agosto foi a mais severa no estado desde janeiro de 2019.

Desde dezembro de 2020, todo o território potiguar registra seca.

Dados sobre a situação de seca nos estados do 
Nordeste, segundo o Monitor da Seca — Foto: ANA

    De acordo com o levantamento de agosto, além do Rio Grande do Norte, também houve aumento da seca moderada no leste do Maranhão e no oeste do Piauí.

    Por outro lado, devido às chuvas acima da média nos últimos meses, houve um recuo da seca moderada em parte do litoral baiano e da seca fraca no leste de Pernambuco.

    Em termos de área com seca, houve um recuo do fenômeno em Pernambuco e no Piauí. Nos demais estados nordestinos, as porções com seca se mantiveram estáveis.

Veja o relatório completo aqui.


Outras regiões

    Na Região Sudeste, o monitor apontou a persistência de chuvas abaixo da média, resultando no avanço das secas excepcional e extrema em partes de São Paulo e no Triângulo Mineiro, além do agravamento da seca no norte de Minas Gerais, de moderada para grave.

    Na Região Sul, ocorreu aumento da área com seca extrema entre o oeste catarinense e o noroeste do Rio Grande do Sul, além do avanço da seca grave no oeste do Paraná, da seca moderada no oeste gaúcho e da seca fraca no leste catarinense.

Por outro lado, houve o recuo das áreas com secas moderada e fraca no litoral do Paraná.

    Na Região Centro-Oeste, houve avanço da seca extrema no sul de Goiás e da seca grave no sul de Mato Grosso do Sul, além do aumento da área com seca moderada em Goiás e Mato Grosso.

    No Tocantins, único estado da Região Norte monitorado até agora, ocorreu avanço da seca grave no noroeste e da seca moderada no sudoeste do estado.


POR G1 RN

Lei institui política de proteção dos direitos das pessoas com transtorno do espectro autista no RN

 

    Uma nova lei aprovada na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e sancionada pela governadora Fátima Bezerra (PT) institui uma política estadual de proteção dos direitos da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA) no Rio Grande do Norte.

    A Organização Mundial de Saúde considera pessoa com TEA aquela com prejuízo na comunicação e nas relações sociais, critérios clínicos definidos na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionadas com a saúde (CID).

    A Lei nº 10.987 foi publicada no Diário Oficial do Estado na quinta (23) e determina que a nova política deve ser pautada no "desenvolvimento das ações e das políticas de atendimento, aplicáveis através da intersetorialidade entre a saúde, educação e assistência social, procurando celebrar convênios com as Universidades Federais e Estaduais e outras instituições como fundações e associações, sempre que possível".

    De acordo com o texto da nova legislação, o Estado deve utilizar profissionais, estudantes e professores das instituições de ensino superior para auxiliar na formação de profissionais aptos a diagnosticar e tratar o TEA precocemente por meio de cursos, palestras e programas de incentivo profissional em diferentes níveis.

    Além disso, também é dever do Estado "garantir parcerias com as instituições de ensino para a promoção de cursos, palestras e programas de incentivo ao profissional, nos diversos níveis; promover a inclusão dos estudantes com TEA nas classes comuns de ensino regular com o apoio e as adaptações necessárias da tecnologia da educação e incentivar a formação e a capacitação de profissionais especializados na pesquisa e no atendimento da pessoa com TEA".

    A lei ainda aponta que é de responsabilidade do Poder Público promover, junto à comunidade, campanhas educativas e de conscientização acerca do TEA, buscando auxiliar na formulação de políticas públicas voltadas à essas pessoas, além de contribuir e estimular a inserção delas no mercado de trabalho.

    A nova lei ainda institui no Calendário Oficial de Eventos do RN o dia 2 de abril como o Dia de Conscientização do Autismo. A data já é conhecida mundialmente pela Organização das Nações Unidas (ONU). A lei já está em vigor no estado.


POR G1 RN

Data de posse, fidelidade e ‘peso 2’ para negros e mulheres: Veja o que muda com aprovação da Reforma Eleitoral

     O Senado aprovou, na noite desta quarta-feira (22), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Reforma Eleitoral, que traz mudanças nas regras para as eleições no país.

    O texto agora segue para promulgação pela mesa do Congresso, em sessão conjunta com membros da Câmara e do Senado. Por se tratar de uma PEC, não é necessário sanção presidencial, mas, para valer já a partir das eleições de 2022, é preciso que a proposta seja promulgada até 2 de outubro, um ano antes do próximo pleito.

    Para evitar que o texto retornasse à Câmara e adiasse sua promulgação, a relatora da PEC na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), senadora Simone Tebet (MDB-MS), decidiu manter no texto final que foi para votação no plenário apenas os pontos de concordância entre deputados e senadores.

    Entre os pontos mais polêmicos retirados por falta de consenso estava a volta das coligações partidárias em eleições proporcionais (deputados e vereadores). A coligação partidária nessas circunstâncias havia sido extinta na reforma eleitoral de 2017, mas deputados tentaram reintroduzi-la.

    Já entre os principais pontos aprovados que podem valer já a partir da próxima eleição estão alterações nas regras de fidelidade partidária e mudanças nas datas de posse do presidente da República e de governadores.


Confira as mudanças nas regras para as eleições com a aprovação da PEC:

Nova data para as posses do presidente e de governadores

    A partir das eleições de 2026 — portanto, a partir de janeiro de 2027 –, as posses do presidente da República e dos governadores dos estados e do Distrito Federal não acontecerão mais no dia 1º de janeiro, como ocorre atualmente.

O presidente e seu vice tomarão posse a partir de 5 de janeiro; já os governadores e seus vices assumirão o cargo no dia 6 de janeiro.


Peso maior para candidaturas de negros e mulheres

    Os votos dados a candidatos negros e mulheres serão contados em dobro para efeito da distribuição dos recursos dos fundos partidário e eleitoral de 2022 a 2030.

    Essa contagem em dobro será aplicada apenas uma vez, ou seja, os votos para uma candidata negra, por exemplo, não poderão ser contados em dobro duas vezes (por ser mulher e por ser negra).

A medida serve para incentivar a candidatura desses grupos, que ainda são minoria nos Poderes.


Fidelidade partidária

    Com a nova regra, deputados federais, estaduais e distritais e vereadores que saírem de um partido pelo qual tenham sido eleitos não perderão o mandato se a legenda concordar com a saída.

    Atualmente, quando trocam de partido os parlamentares seguem com o mandato apenas em casos de “justa causa”, que, segundo a lei 9.096, de 1995, seriam: “mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário; grave discriminação política pessoal; e durante o período de 30 dias que antecede o prazo de filiação exigido em lei para concorrer à eleição”.

Entre outros pontos, a PEC prevê também uma regra para impedir que, em caso de incorporação de partidos, eventuais sanções aplicadas à legenda incorporada sejam transferidas para a sigla incorporadora nem aos seus novos dirigentes, exceto aos que já integravam o partido incorporado.


Consultas populares

    A PEC definiu regras também para a realização de consultas populares sobre questões locais, que devem ser feitas junto com as eleições municipais.

    Essas consultas teriam que ser aprovadas pelas câmaras municipais e encaminhadas à Justiça Eleitoral até 90 dias antes da data das eleições, e as manifestações dos candidatos sobre essas questões não poderão ser exibidas durante a propaganda gratuita no rádio e na televisão.


AGENCIA BRASIL/TERRA BRASIL NOTICIAS 

VII EXPOR: SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA E A 6ª DIREC REALIZAM EVENTO ALUSIVO A VII SEMANA DE LUTA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA COM MUSICA, ARTE E INCLUSÃO; CONFIRA OS REGISTROS

 

     A Praça da Conceição foi palco da programação cultural da VII Expor com o tema: “da Escola para o Mundo”, que aconteceu na noite desta quinta-feira, 23 de setembro.

    Com a presença do prefeito José Antônio de Menezes, o evento fez parte da programação da VII Semana de Luta da Pessoa com Deficiência, sendo uma proposta desenvolvida em conjunto pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura e a 6ª Direc. Dança, música, exposição de trabalhos manuais e muita arte fizeram parte da grade de atrações.

    O momento foi também de reencontro entre educadores, pais, alunos e o público em geral. Nesta sexta-feira, 24, acontecem atividades externas nas escolas do município.
























MACAU ATINGE A MARCA DE 50% DA POPULAÇÃO ADULTA VACINADA CONTRA A COVID-19

 

    O município de Macau alcançou 50% da população adulta totalmente imunizada contra a covid-19 nesta quarta-feira (22). Nesse percentual estão aquelas pessoas que receberam duas doses ou o imunizante de dose única. 

Os dados são do RN Mais Vacina, plataforma criada e gerida pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN). 

Produção de camarão, no RN, deve crescer 20% este ano, estimam produtores

 

    A produção de camarão no Rio Grande do Norte deve crescer 20% este ano, de acordo com estimativas do vice-presidente da Associação de Criadores de Camarão do RN (ANCC), Newton Bacurau. Em 2020, o Estado produziu algo em torno de 25 mil toneladas do crustáceo, volume que deve ser ampliado para cerca de 30 mil toneladas este ano.

    A estimativa, segundo Newton Bacurau, está relacionada às boas perspectivas para o setor, com a previsão de chegada de novas matrizes genéticas do crustáceo ao RN, importadas dos Estados Unidos. “Estamos bastante otimistas, principalmente pela importação de novas matrizes que vão revolucionar a produtividade com a qualidade que nós iremos colocar nos nossos plantéis”, afirmou Newton Bacurau.

    De acordo com o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Camarão (ABCC), Itamar Rocha, o projeto para melhoramento genético no Estado prevê a  importação de 1,2 mil reprodutores. “Estamos na fase de aprovação pelo Idema [Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente], mas em breve a gente espera resolver esses trâmites”, explicou Rocha  durante a apresentação da programação oficial da 17ª Feira Nacional do Camarão (Fenacam) na quarta-feira (22). 

    Ainda segundo Itamar Rocha, a empresa que irá vender os reprodutores estará com três palestrantes na Fenacam, evento com data marcada para novembro. “Eu acredito que essa negociação final [sobre a importação de reprodutores] vai acontecer durante a feira” prevê o presidente da ABCC.

    Em 2019, a produção de camarão no Rio Grande do Norte teve alta pelo terceiro ano consecutivo, alcançando 20,7 mil toneladas, volume 5,1% superior ao registrado em 2018 (cuja produção foi de 19,6 mil toneladas) e que representa  38,2% de todo o camarão produzido em território nacional. Entre 2019 e 2020, o aumento, pela quarta vez seguida, foi de 20,7%, índice de crescimento que deve se manter em 2021, segundo estimativas da ANCC.

    No ano passado, o produto movimentou R$ 555,4 milhões, cerca de 46,8% do valor de produção de camarão no Brasil, que foi de 54,3 mil toneladas. Os dados são da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) 2019 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nos últimos quatro anos (entre 2016 e 2020), o crescimento da produção nacional para o setor foi de 86%, segundo informações da ABCC. Para 2021, a estimativa é chegar a 120 mil toneladas.

O setor teve incentivos e apoio do Governo do Estado. Por meio de decreto, o Governo do Estado reduziu a alíquota dos tributos estaduais para a produção de camarão, de 12% para 1,5%, medida que impactou em toda a cadeia produtiva.

“Temos crescido nossa produção e conseguido tratamento diferenciado de bancos públicos e do Governo do Estado para que possamos seguir levando aos produtores o suporte, de crédito e de tecnologia, para crescermos ainda mais”, ressaltou, o presidente da ABCC, Itamar Rocha.


TRIBUNA DO NORTE