Em Macau, prefeitura decreta estado de emergência admintsrtaivo e financeiro


                                                                   prefeito interino Einstein barbosa
A Prefeitura de Macau decretou nesta segunda-feira (30), Estado de Emergência Administrativa e Financeira, devido a crise financeira enfrentada na administração pública municipal, pela falta de recursos para cobrir todas as despesas do município, provocada pela queda de receitas, entre outros.

De acordo com o decreto do prefeito interino, Einstein Barbosa, publicado no diário oficial fica a suspenso todos os contratos temporários, cessão de servidores, diárias, gratificações e outras vantagens, também fica suspenso os convênios celebrados pela Prefeitura de Macau, à exceção do Hospital Antônio Ferraz, da manutenção da segurança pública ou daqueles que sejam necessários para a governança; a medida também abrange os contratos de locações e veículos com exceção os lotados na secretaria de Saúde e Educação. O ponto eletrônico também deve ser instalado em todas as secretarias e órgão da administração municipal.


veja o decreto clicando aqui
http://www.calameo.com/read/0010272035f1c85d7cff0

                                                               A Cidade que Amamos

Nenhum comentário: