Helder Marques de Araújo pede a exoneração do seu cargo ao prefeito interino

Depois de uma grande temporada no governo do prefeito interino Einstein Barbosa o amigo Helder deixa o governo nesta segunda feira, aqui estar sua carta de exoneração e já estar circulando nas redes sociais. Iremos aguardamos a posição do Helder Marques. 



Um comentário:

Unknown disse...

Passando aqui, para parabenizá-lo pelo site, deixar um abraço e tecer um breve comentário. Para isto, é-me oportuno, o título d uma velha e conhecida música, dos idos anos 70: "Pra não dizer q não falei d flôres". (entre outras coisas).

Pois bem, em um mundo tão demagogo, pernoche e conturbado como o da política, onde nos sobram exemplos d canalhices e servergonhices à perder d vista - e q, como o próprio documento, emitido e exposto aqui, neste site, pelo sr Helder, genericamente atesta - certamente o amigo se viu diante d mais um desses expúrios exemplos.
No entanto, no exemplo dado pelo amigo, ao pôr seu cargo à disposição, acena com uma realidade - embora incomum, mas acena - a d q, ainda há gente séria em tal meio.
Pois, como se sabe, "Até mesmo no lixão nascem flôres".
Aliás, falando em lixão, quem dera, q os mandatários da nossa nação, a exemplos dos urubus ali presentes, ajudassem na limpeza dos males q cercam nossas cidades.
Mas comparar nossos políticos aos urubus, é ofendê-los. Ofender, digo, não aos políticos, mas aos urubus. Pois, ao contrário destes, nossos políticos contribuem sim, mas é no aumento sem conta dos malefícios em nossa sociedade.
Não q eles não entendam d limpeza; até q entendem, e muito! Só q é, a da do cofre d seus respectivos poderes.
Já passa da hora d, no lixão da nossa política, brotarem mais "flôres", à exemplo desta do amigo já citado e q ensejou este comentário.
Pra terminar, diante d uma política-lixão, como a nossa, é preciso um voto perfeito e consciente. Próxima eleição, melhor votar em urubu; seja pra prefeito, seja pra presidente!
Como disse, abraços!