Votação da LDO



Votamos hoje a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para o exercício 2020 e, em primeiro turno, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Gastos. A LDO vai orientar a realização do Orçamento do ano que vem, de forma mais realista, com a previsão de um déficit de R$ 230 milhões e com a adoção de medidas para que o Estado possa recuperar sua capacidade de investimento. Dentro dessa perspectiva, temos a PEC dos Gastos, que deverá ser votada em segundo turno na próxima terça-feira. Com exceção da segurança, saúde e educação, os valores investidos nas demais áreas estará vinculado ao comportamento da arrecadação pelo governo do Estado. Não é um congelamento dos gastos, mas sim a observação da arrecadação.

Nenhum comentário: