ZENAIDE MAIA NO DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃ DEFENDE A AMPLIAÇÃO E A CONTINUIDADE DOS PRAGRAMAS DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA

 


A fome ameaça a vida de milhões. Neste Dia Mundial da Alimentação, há que se voltar o olhar para os mais vulneráveis. Desde o início da pandemia, a senadora Zenaide defende a ampliação e a continuidade dos programas de transferência renda, como o Bolsa Família; o cumprimento da lei que aumenta o acesso de idosos carentes e pessoas com deficiência ao Benefício de Prestação Continuada; e a manutenção do valor do auxílio emergencial (a senadora é autora do PL 2928/2020, apresentado ainda em maio, e que determinava o pagamento de R$ 600,00 pelo menos até dezembro).
.
O auxílio emergencial teve o valor cortado pela metade, o que aumenta a insegurança alimentar em nosso país. A pandemia agravou uma crise socioeconômica que já existia em 2019, quando 13,5 milhões de pessoas se encontravam abaixo da linha da pobreza, segundo o IBGE.
.
Hoje, o índice de desempregados no país é o maior desde início do período de calamidade pública - 14,4%; realidade que aponta para uma ampliação do número de brasileiros que terão dificuldades de garantir a nutrição de sua família.
.

Nenhum comentário: