CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL FECHADO E COM ESTRUTURA PRECÁRIA COMPROMETE SERVIÇO DE SAÚDE MENTAL EM MACAU

 


O atendimento especializado voltado à saúde mental é coisa de um passado um pouco distante no município de Macau. A nova gestão da Secretaria Municipal de Saúde encontrou o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de portas fechadas e com a estrutura totalmente precária e abandonada. Todavia, de forma surpreendente o Portal da Transparência informa que no período que estava nesta situação, o serviço consumia mais de 5 mil reais mensais em refeições e lanches.

O Caps que funcionara por muito tempo no bairro do Valadão foi referência na região e realizava um serviço de excelência. A descontinuidade do serviço comprometeu o tratamento e o acompanhamento por uma equipe multiprofissional de dezenas de usuários e pacientes da unidade durante praticamente todo o ano de 2020. 

Com o descaso encontrado no equipamento que funcionava pactuado com Ministério da Saúde, não existe ainda data prevista para o serviço ser retomado. “Queremos que a população nos ajude e compreenda que ocorreu um grande desmonte nas políticas públicas do município e isso requer tempo para ser reestruturado. Mas, o CAPS ad está entre os programas que serão repaginado nesta nova gestão ”, explicou a Secretária de Saúde, Terezinha Menezes.






Nenhum comentário: