SECRETÁRIA ADJUNTA DA SETHAS E COORDENADORA DO LEITE POTIGUAR JUNTO A ASSOCIAÇÃO DE MARISQUEIRAS DO PORTO DEBATEM AS ATRIBUIÇÕES FINAIS SOBRE A NOVA GESTÃO E DISTRIBUIÇÃO DO LEITE POTIGUAR EM MACAU


Pensando em readequar a distribuição do leite do governo do estado na cidade de Macau, Josiane Bezerra, Adjunta da SETHAS e coordenadora do leite Potiguar, estiveram reunidos com representantes da associação de marisqueiras Suely e Nathalia Bento para definirem distribuição do tão conhecido ‘leite dos idosos’.

Problemática

A distribuição do leite do governo do estado na cidade de Macau precisa de uma readaptação urgente, necessita um novo recadastramento, além de uma estrutura de apoio e logística para que esse produto chegue a quem de direito.

Enquanto essa situação não for resolvida ficará as filas ao sol quente, reclamações, chateações e o que é pior, o leite não chegando com a quantidade certa na residência de quem realmente precisa.

A realidade

O programa do leite existe para atender Famílias inseridas no Cadastro Único (CadÚnico), em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89,00 que possuam três ou mais pessoas na família com presença de crianças (de 01 a 07 anos).

Mas não é isso que acontece em Macau, o espatifado de leite vai para todos os recantos e, como disse, grande parte não chega a quem realmente precisa.

 Em Macau serão quase 350 famílias beneficiadas pelo núcleo do "Porto de São Pedro, tendo ainda mais 2 (dois) núcleos que serão: Diogo Lopes e Valadão.


A Associação das Marisqueiras fica localizado no Conjunto Arnobio Abreu.


Por Blog Cidade do Sal 
Texto Adaptado





Nenhum comentário: