RESERVATÓRIOS DA REGIÃO OESTE DO RN ATINGEM BONS NÍVEIS DE ACUMULAÇÃO DE ÁGUA

     As chuvas que estão ocorrendo, principalmente na região oeste do RN, continuam trazendo águas para os reservatórios situados na bacia hidrográfica do rio Apodi-Mossoró. Barragens como Santa Cruz do Apodi e Pau dos Ferros, já acumulam seus melhores volumes dos últimos anos. Outros reservatórios de cidades como Umarizal e José da Penha já estão próximos de atingir os 100% das suas capacidades. Cinco mananciais situados na bacia já sangraram.

    A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do RN, acumula, nesta sexta-feira (14), 246.904.320 m³, correspondentes a 41,17% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. Este já é o melhor nível de armazenamento do reservatório desde o ano de 2015. No último relatório divulgado pelo Igarn, na segunda-feira (10), o manancial estava com 236.819.860 m³, equivalentes a 39,49% do seu volume total.


    Já a barragem de Pau dos Ferros acumula, atualmente, 26.379.710 m³, percentualmente, 48,1% da sua capacidade total, que é de 54.846.000 m³. Esse é o melhor nível do manancial desde de 2012. No dia 10 de maio, o reservatório estava com 23.911.694 m³, equivalentes a 43,60% do seu volume total.

    Também situado em Pau dos Ferros, o açude 25 de Março, que possui capacidade para 4.722.000 m³, acumula 4.136.280 m³, correspondentes a 87,59% da sua capacidade. Este é o açude mais antigo da cidade.

    O açude Flechas, localizado em José da Penha, acumula 8.902.475 m³, percentualmente, 99,47% da sua capacidade total, que é de 8.949.675 m³. No início da semana ele estava com 8.383.275 m³, correspondentes a 93,67% da sua capacidade. A última vez que o manancial chegou a sangrar foi em 2009.

    O açude Rodeador, localizado em Umarizal, acumula 19.822.963 m³, equivalentes a 92,61% da sua capacidade, que é de 21.403.850 m³. No último relatório, ele estava com 18.572.691 m³, correspondentes a 86,77% da sua capacidade. Desde 2011, que o manancial não chega a sangrar.

    O reservatório Apanha Peixe, localizado em Caraúbas, acumula 8.166.667 m³, equivalentes a 81,67% da sua capacidade total, que é de 10 milhões de metros cúbicos. Na última segunda-feira, o manancial estava com 7.750.000 m³, percentualmente, 77,50% do seu volume total.


O açude Beldroega, localizado em Paraú, acumula, nesta sexta-feira, 6.944.146 m³, correspondentes a 86,18% da sua capacidade total, que é de 8.057.520 m³. Na última segunda-feira, o manancial estava com 6.251.698 m³, equivalentes a 77,59% do seu volume total.


O açude Malhada Vermelha acumula 2.544.023 m³, correspondentes a 33,75% da sua capacidade total, que é de 7.537.478 m³. No início da semana o reservatório estava com 2.331.188 m³, equivalentes a 30,93% do seu volume total.


A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, continua ganhando volume, acumula 1.418.859.313 m³, equivalentes a 59,79% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No dia 10 de maio, o manancial estava com 1.382.289.222 m³, correspondentes a 58,25% do seu volume total.


A bacia hidrográfica do Rio Apodi-Mossoró acumula, atualmente, 604.598.553 m³, percentualmente, 54,11% do total, que os 20 reservatórios, monitorados pelo Igarn, na bacia conseguem acumular juntos, que é 1.117.376.237 m³.


Já a bacia hidrográfica do rio Piranhas / Açu acumula 1.562.488.459 m³, correspondentes a 53,30% da capacidade dos 18 reservatórios, monitorados pelo Igarn, que compõem a bacia, juntos, que é de 2.931.455.590 m³.


As reservas hídricas superficiais totais do RN somam 2.214.642.681 m³, equivalentes a 50,60% da capacidade que os 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, conseguem acumular juntos, que é de 4.376,444.842 m³.


O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.


Situação das Lagoas

A lagoa de Extremoz, responsável pelo abastecimento de parte da zona norte da capital, acumula 11.019.525 m³, que correspondem a 100% da sua capacidade.


Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 42.643.686 m³, percentualmente, 50,6% do seu volume total, que é de 84.268.200 m³.


A lagoa do Boqueirão, que atende a usos diversos, acumula 10.290.346 m³, correspondentes a 92,92% da sua capacidade total, que é de 11.074.800 m³.


Fonte: Blog do BG/Carnaubais ontem e hoje

Nenhum comentário: