CPI da Covid convoca representantes do Facebook, Google e Twitter para explicarem motivo por não censurarem Bolsonaro

Na manhã desta quarta-feira (23), a CPI da Covid aprovou a convocação de representantes do Google, Twitter e Facebook. Os requerimentos aprovados são de autoria do vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). 

O objetivo do pedido de Randolfe é questionar as empresas sobre o motivo de não tirarem do ar conteúdos divulgados pelo presidente Jair Bolsonaro, considerado por eles ‘contrários às evidências científicas e às medidas sanitárias’.

Na semana passada, o senador defendeu que “por muito menos, o Twitter e o Facebook baniram o senhor Donald Trump”.

Ele disse também que uma possível exclusão da conta de Bolsonaro das plataformas não configuraria censura.




Fonte: Terra Brasil Notícias



Nenhum comentário: