PEC do voto impresso será votada hoje e servirá para separar o ‘joio do trigo’ para o governo: “Deputado que votar contra será lembrado até eleições”

 

    O jornalista, advogado e analista político, Júnior Melo, já cravou: “O deputado que votar contra a PEC do voto impresso auditável será lembrado até as eleições”. A realidade exposta por Júnior é um fato consumado para os parlamentares da Câmara nesta votação desta terça-feira (10). A Casa ainda irá apreciar a proposta, porém já é tido como quase certeza que, com a “traição” de alguns deputados, o voto auditável não passará. Conforme Melo, “só um milagre” para mudar a circunstância.

    A situação é de realmente separar “o joio do trigo”. Neste primeiro debate em plenário, o Brasil já poderá saber quem é quem para 2022. Com a informação cada vez mais rápida, dificilmente o povo acreditará em “sanguessugas”, que forçam se aproximar do presidente Jair Bolsonaro para sugar sua popularidade.

    O curioso é que os parlamentares deveriam representar a vontade do povo, porém apenas as deles são levadas em consideração. Em todos os movimentos com milhões de pessoas pelo Brasil, já deixou claro o desejo da população em 2022: o voto impresso auditável, para dar segurança às escolhas.


TERRA BRASIL NOTÍCIAS 

Nenhum comentário: