Fátima ressalta folhas pagas, investimento na segurança e pandemia em mil dias de gestão

 

    A governadora Fátima Bezerra (PT) deu início, na tarde desta segunda-feira (27), a coletiva de imprensa relativa aos mil dias de gestão. Entre os pontos mais ressaltados pela governadora estão o pagamento das folhas salariais em dia, leitos abertos durante a pandemia de coronavírus e a convocação de policiais militares para o efetivo da corporação. O evento acontece no centro administrativo e reúne uma série de secretários, dirigentes e gestores que compõem o governo Fátima Bezerra. 

    "Há mil dias tomava posse a primeira governadora de origem popular da história do RN. A única mulher a tomar posse como governadora naquela eleição", disse Fátima, que lembrou ter sido aconselhada a não disputar a eleição em 2018, quando venceu o pleito eleitoral. Em seu discurso, a governadora disse que assumiu a gestão com quatro folhas atrasadas e que o Estado "rodava no negativo".

    Com relação a pandemia de coronavírus, que já vitimou 7,3 mil vidas no Estado, a governadora disse que a atual gestão abriu 856 leitos hospitalares no RN, o que segundo o governo seria equivalente a oito hospitais de campanha. "Foram mais de 14 mil vidas salvas e mais de 4.600 profissionais de saúde contratados", disse. 

    A governadora mencionou as  mudanças como a chegada do Proedi, que substituiu o Proadi, bem como "incentivos fiscais para a indústria". "Conseguimos parar a migração das empresas que encontravam nos estados vizinhos condições mais favoráveis ao desenvolvimento de suas atividades", disse Fátima.


TRIBUNA DO NORTE

Nenhum comentário: