RN pode suspender obrigatoriedade do uso de máscara em dezembro, diz governadora

 

    O Rio Grande do Norte pode decretar o fim da obrigatoriedade para o uso de máscara em "determinadas situações" a partir de dezembro de 2021, segundo afirmou nesta terça-feira (27) a governadora do estado, Fátima Bezerra (PT).

    "Eu acredito e as nossas autoridades sanitárias estão trabalhando com essa perspectiva, que, a se manter e a evoluir cada vez mais o arrefecimento da pandemia, com esse senso de responsabilidade coletiva de todos nós, temos esperança de que em dezembro a máscara possa ser abolida para determinadas situações", afirmou.

    A declaração foi dada em entrevista ao programa Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi. Ainda na ocasião, a governadora afirmou que o estado "caminha" para ser um dos primeiros do país a anunciar o fim da pandemia" e atribuiu a redução dos casos da Covid à vacinação da população. "Quanto mais a vacinação tem avançado, mas a pandemia tem caído", disse.

Porém, Fátima ressaltou que, por enquanto, a população deve manter os cuidados como o uso de máscara e distanciamento.


"Ainda não é hora de tirar a máscara. Não é hora de não prestar atenção no distanciamento", pontuou.

    O uso de máscara em locais públicos e privados é obrigatório desde maio de 2021, no Rio Grande do Norte, por causa da pandemia. Desde então, a medida está contida em todas os protocolos publicados pelo governo para retomada das atividades sociais e econômicas.

    De acordo com a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte, mais de 50% da população do estado já está totalmente imunizada contra a Covid-19.

Política

Fátima também respondeu perguntas sobre possíveis alianças para as eleições de 2022, mas afirmou que está focada no trabalho na gestão do estado, no momento. "Agora é trabalho, trabalho e trabalho", disse.

Apesar disso, a governadora confirmou que, a nível nacional e local, o PT tem conversado com diversos partidos, dentre eles, o MDB.


POR G1 RN

Nenhum comentário: