Benes Leocádio desiste da candidatura a governador do Estado, diz deputada

 

    “Como Benes Leocádio (Republicanos) desistiu de ser pré-candidato ao governo do Rio Grande do Norte, e eu faço parte da base de apoio da governadora Fátima Bezerra (PT) e, o meu partido tinha o nosso presidente Benes Leocádio como pré-candidato a governador, mas como ele desistiu, não vai ser mais candidato, a minha intenção é de acompanhar a reeleição da governadora”. Essa foi a declaração da deputada estadual Eudiane Macedo, em entrevista exclusiva nesta quarta-feira (20), ao Jornal Agora RN.

Além disso, a deputada estadual explica que a tendência é de que Benes Leocádio coloque o seu nome à disposição do partido para concorrer ao cargo de deputado federal, junto com o presidente da Câmara Municipal de Natal, Paulinho Freire. Confira a entrevista na íntegra:


Agora RN – Deputada como a senhora está se posicionando para as eleições de 2022?


Eudiane Macedo – Nós estamos vivendo um dos momentos mais difíceis do nosso país, uma crise econômica, uma pandemia, índices altíssimos de desemprego e de fome. Os pais e mães de família acordam todos os dias preocupados se vão ter condições de colocar comida na mesa. Na realidade, são os políticos que estão muito interessados nas eleições do ano que vem.


Agora RN – Caso a senhora decida concorra às eleições de 2022. Qual será o cargo? Ou vai buscar a reeleição?


Eudiane Macedo – Eu estou no meu primeiro mandato de deputada estadual e o caminho que considero natural é o da reeleição. Me identifico muito com o trabalho no legislativo, nosso mandato procura fazer uma atuação diferenciada, até pelo meu perfil de ter trabalhado a vida toda no comércio e ser moradora de comunidade, estou sempre nas secretarias, no interior em contato com nossas parceiras e parceiros.


Agora RN – Quem a senhora apoia para o governo do Rio Grande do Norte para 2022?


Eudiane Macedo – Como Benes Leocádio desistiu de ser pré-candidato ao governo do Rio Grande do Norte e eu faço parte da base de apoio da governadora Fátima Bezerra (PT) e, o meu partido tinha o nosso presidente Benes Leocádio como pré-candidato a governador, mas como ele desistiu, não vai ser mais candidato, a minha intenção é de acompanhar a reeleição da governadora.


Agora RN – Quem a senhora apoia para os cargos de senador da República e deputado federal nas eleições de 2022?


Eudiane Macedo – Para senador, o cenário está completamente aberto. Dos atuais e dos pré-candidatos que temos acompanhado pela imprensa, o que vai pesar no meu ponto de vista é o compromisso com a Zona Norte. Temos nessa região problemas estruturais, como por exemplo a lagoa de captação do Santarém, uma obra de aproximadamente 4 milhões de reais e que entra gestão, sai gestão, não resolve e poderia se resolver com emenda federal. Para deputado federal, tem as pré-candidaturas de dois grandes amigos e parceiros do nosso mandato, Benes Leocádio e o presidente da Câmara Municipal de Natal, Paulinho Freire. Se as candidaturas deles se confirmarem, estaremos juntos.


Agora RN – Quem a senhora apoia para o cargo de presidente da República em 2022?


Eudiane Macedo – Como as candidaturas e apoios dos partidos na disputa de presidente da República são decididas em Brasília, estamos esperando o partido decidir.


Agora RN – Como a senhora avalia a gestão da governadora Fátima Bezerra (PT)?


Eudiane Macedo – A governadora tem feito uma gestão pé no chão e com equilíbrio. Está praticamente quitando as folhas em atraso dos servidores que somavam quase 2 bilhões de reais, e mantendo o pagamento em dia dos servidores, está fazendo a regularização fundiária num processo que irá beneficiar quase 25 mil famílias, 14 mil somente na Zona Norte, a construção de casas populares em vários municípios do Estado.


Agora RN – Como a senhora avalia o governo do presidente da República Jair Bolsonaro?

Eudiane Macedo – Infelizmente estamos passando, como disse, por um dos momentos mais difíceis do nosso país, com uma política econômica que aprofundou as desigualdades sociais, muito em função das posturas e escolhas adotadas pelo governo federal na condução da pandemia. Não é uma avaliação minha, mas de organismos, lideranças e imprensa não só do Brasil, mas do mundo inteiro. Essa escolha de permanente divisão, do “nós contra eles”, que não agrega e só aumenta o clima de eterna disputa. Após várias tentativas de nossa equipe para ouvir o deputado federal Benes Leocádio, já quase no fechamento da edição, o parlamentar, questionado sobre sua desistência, limitou-se a responder: “Não procede”.


AGORA RN

Nenhum comentário: