Zenaide Maia cobra investimento público para gerar emprego e renda

 

    Em pronunciamento nesta terça-feira (9), a senadora Zenaide Maia (Pros-RN) defendeu mais investimentos do Estado em projetos de infraestrutura para gerar emprego e renda. A senadora afirmou que as medidas de ajuste fiscal não mudarão o cenário de fome que atinge 20 milhões de brasileiros que não têm o que comer diariamente.

    Ela também lamentou que quase metade do Orçamento da União é destinada ao pagamento de juros de uma dívida pública que, de acordo com ela, jamais foi auditada, enquanto setores essenciais para a população não recebem os investimentos adequados.

    — Ou seja, os bancos no Brasil têm a metade do orçamento da décima economia do mundo. Enquanto isso, temos menos de 4% para a educação, menos de 4% para a saúde, menos de 1% para a segurança pública, disse.

    Zenaide Maia também criticou o sistema tributário brasileiro. A senadora observou que não é justo o Estado cobrar Imposto de Renda de quem recebe pouco mais de R$ 1,9 mil e isentar a distribuição de lucros e dividendos de quem está no topo da pirâmide social.

    — Quem faz retirada de R$ 300 mil por mês de dividendos não paga Imposto de Renda. Ou seja, não contribui com a saúde, com a educação nem com a assistência social — lamentou.


Fonte: Agência Senado

Um comentário:

Everton peggada disse...

Muito bom ter um blog sério e que realmente tenha credibilidade na informação parabens.